2 anos atrás

Após sucesso em “A Força do Querer”, Paolla Oliveira volta em “Troia”

Por Redação

Paolla Oliveira já tem seu próximo trabalho definido na Globo. Ela será par romântico de Cauã Reymond em “Troia“, de Manuela Dias, autora responsável pelos sucessos “Justiça” (2016) e “Ligações Perigosas” (2016). Trata-se de uma novela das 21h, que vai estrear no primeiro semestre de 2019, após “O Sétimo Guardião”, que, por sua vez, substituirá “Segundo Sol”. Paolla volta à telinha após o sucesso como a policial Jeiza, uma das protagonistas de “A Força do Querer” (2017), de Glória Perez.

Iniciada em “Belíssima“, a parceria de Paolla com Cauã volta após 13 anos. A novela de Sílvio de Abreu, inclusive, está no ar atualmente no “Vale a Pena Ver de Novo”. Na trama, os dois eram primos e viviam um romance proibido pela família.

Paolla Oliveira e Cauã Reymond  Foto: Globo/Paulo Belote

Antes de ir para “Troia”, Paolla chegou a ser cogitada como mocinha na próxima novela das seis, “Espelho da Vida, de Elizabeth Jhin, junto com Rafael Cardoso e Alinne Moraes, após Isis Valverde engravidar e se afastar da produção. No entanto, para não repetir o trio principal de Além do Tempo, da mesma autora, a Globo decidiu ir atrás de outro nome e bateu o martelo para Vitória Strada, que se destacou como protagonista em Tempo de Amar.

[do_widget id = mvp_ad_widget-5]

Além de Paolla Oliveira, “Troia” conta com nomes como Taís Araújo e Murilo Benício – que voltam às novelas após cinco anos -, Regina Casé, Débora Bloch, Juliano Cazarré, Renata Sorrah, Jéssica Ellen e Alice Wegmann, destaque em “Onde Nascem Os Fortes”.

ESTREIA NO HORÁRIO NOBRE

“Troia” será a primeira novela de Manuela Dias, que vai começar com pé direito no horário nobre da Globo. Ela repetirá a parceria com José Luiz Villamarim, que também dirigiu “Justiça”, exibida em 2016.

Ter sido escolhida para escrever uma novela no horário das 21h faz parte de uma política do diretor de dramaturgia, Silvio de Abreu, em apostar em novos talentos para o gênero.