| 4 semanas atrás

‘Éramos Seis’: Lola faz simpatia para se livrar de sogra megera

Júlio (Antônio Calloni) convidará a mãe, Marlene (Walderez de Barros), para passar uma temporada em sua casa nos próximos capítulos de “Éramos Seis”.

Ele fará o convite e todas as vontades da mãe bruaca para que ela lhe empreste os 50 contos de réis que precisa para se tornar sócio da loja de tecidos. Isso será decidido em troca de que Júlio não venda a propriedade da família na avenida Angélica. Lola (Glória Pires) não permitirá que o marido se desfaça da casa e concordará em receber a sogra megera em casa.

Marlene irá infernizar a vida da nora e dos quatro netos, mas a mulher de Júlio aguentará os desaforos calada para não desagradar o marido adoentado. Sobrará esporro até mesmo para Durvalina (Virgínia Rosa), a empregada da família.

De olho em apressar a partida de Marlene, Lola ouvirá um conselho de Durvalina e apelará para uma simpatia para espantar visitas desagradáveis: colocará uma vassoura atrás da porta de casa.

Cansado dos desmandos da avó, Alfredo (Pedro Sol) pregará uma peça na megera, colocando um papel pega-mosca no sofá, que bem grudento, estragará o vestido de Marlene. A culpa, contudo, cairá sobre Lola.

“Lola, você precisa ter mais cuidado onde coloca esses papéis pega-mosca. Um deles pegou no meu vestido e estragou o tecido”, reclamará a insuportável.

Lola, cansada, fará a simpatia indicada por Durvalina e provocará risos nos quatro filhos.