| 2 semanas atrás

‘Éramos Seis’: Carlos abandona a faculdade para sustentar a família

A morte de Júlio (Antônio Calloni) vai enterrar os planos de Carlos (Danilo Mesquita) em se graduar médico em “Éramos Seis”.

Lola (Glória Pires) começará a se desesperar para colocar comida na mesa dos filhos, e o primogênito decidirá arrumar um emprego de meio período, vendendo amostras de medicamento pela cidade. Com isso, Carlos terá dificuldade para conciliar o trabalho e os estudos.

Marcelo (Guilherme Ferraz) incentivará o estudante a priorizar os estudos, mas Carlos resmungará.

“Não dá. Tenho que dobrar a meta de entregar para ver se ganho um pouco melhor. Sabe a realidade? Sem o meu pai, não sei se consigo fazer faculdade, estudar é luxo”, desabafará o jovem.

Mais tarde, ele ficará ainda mais agônico ao ver Lola revirando a casa em busca de alguma moeda antiga perdida para poder comprar alimentos.

“Clotilde [Simone Spoladore] e eu fizemos uma limpeza na casa, mexemos em tudo que é bibelô na esperança de encontrar algum dinheiro mais, em algum canto. A gente vai ficar sem nada daqui a pouco”, falará Durvalina (Virgínia Rosa).

“E se cortássemos a carne? E depois vamos ter que cortar o leite. E a manteiga. Vamos passar a pão com banana”, lamentará Lola.

Carlos, então, assumirá a responsabilidade de sustentar a família, já que é o filho mais velho, e decidirá abandonar definitivamente a faculdade de medicina para trabalhar em tempo integral.