2 meses atrás

‘Éramos Seis’: Clotilde decide tirar seu filho de Olga e Zeca

Por José Miguel Toledo

Clotilde (Simone Spoladore) e Olga (Maria Eduarda de Carvalho) entrarão em guerra nos próximos capítulos de “Éramos Seis”.

Clotilde (Simone Spoladore) e Olga (Maria Eduarda de Carvalho) entrarão em guerra nos próximos capítulos de “Éramos Seis”.

Mesmo depois de se entender com Almeida (Ricardo Pereira), Clotilde sentirá saudade do filho e decidirá resgatá-lo.

“Temos um filho, Argemiro. Um filho. Aquele bebê lindo que acaba de nascer e que sorri quando você pega no colo. Não é o caçula de Olga e Zeca. É nosso”, decretará a irmã de Lola (Glória Pires).

O vendedor não disfarçará sua decepção com a amada.

“Já estava tudo acertado para mim. E então você chegou me prometendo uma vida, um lar, uma família, seus filhos. Mas como posso viver sem meu bebê, sem o nosso bebê, Miro? Como posso?”, confrontará Clotilde.

Olga será surpreendida por Almeida e pela irmã, mas não reagirá bem.

“Olga, queria dizer. A vida tem caminhos muito tortos, a gente erra e depois tenta acertar. Eu vim buscar o Chiquinho. Não sei se tinha o direito de voltar atrás numa decisão dessas, mas não se trata mais do que é certo ou errado”, dirá Clotilde.

Almeida se apresentará como o pai da criança, mas Olga dará um chega pra lá no bonitão.

“Nossa intenção foi apenas ajudar, acolher Clotilde num momento difícil e solitário. Quando o senhor estava muito ocupado com seu antigo e segundo casamento, além de outros filhos”, dirá a ruiva.

Guerra familiar

Clotilde e Almeida decidirão resgatar filho e entrarão em atrito com Olga e Zeca. Foto: Divulgação.

A briga entre irmãs fará com que dona Maria (Denise Weinberg) decida interceder.

“O fato é que é que todos vocês agiram por amor. Não é hora de cobranças. E sim de resoluções”, tentará amenizar a senhora.

Zeca pedirá para a sogra para ter uma conversa em particular com Almeida.

“O senhor há de convir que já deixou Clotilde na lama algumas vezes. Quem nos garante que não vai acontecer de novo? Minha preocupação é com Francisco, inocente no meio dessa confusão toda”, afrontará o interiorano.

Emocionado, Almeida admitirá os erros que cometeu e pedirá uma nova chance para fazer a cunhada de Zeca feliz.

“Clotilde e eu estamos juntos, certo do que queremos. O amor mostra como fazer. Mesmo quando teimamos com ele”, responderá o vendedor de tecidos.

“Está certo. É justo. É muito justo isso tudo aí que o senhor diz aí. Espero mesmo que não lhe falte juízo, seu Almeida… Porque estou lhe entregando o meu caçulinha”, concordará Zeca.