Entre em contato

Famosos

Por onde anda o Marcelinho de ‘Por Amor’?

Publicado

em

Mais de 20 anos depois de brilhar em “Por Amor” como o pequeno Marcelinho, Victor Tavares contou ao Gshow que sente saudades daquela época. Na novela, reexibida atualmente no “Vale a Pena Ver de Novo”, ele deu vida ao filho de Helena (Regina Duarte) e Atílio (Antonio Fagundes), que acaba sendo criado por Maria Eduarda (Gabriela Duarte) e Marcelo (Fábio Assunção) após a troca de bebês que norteia toda a trama.

Publicidade

Victor cresceu longe dos holofotes. Ainda criança, ele se mudou com a família para o Sul e não conseguiu se ficar como ator. Atualmente, o rapaz , de 22 anos, cursa Engenharia Eletrônica na Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis. “Sempre quis seguir carreira de ator, mas optei por ter uma segunda formação para ter estabilidade financeira e depois buscar meu sonho”, revelou ele.

Marcelinho (Victor Tavares) no colo de Marcelo (Fábio Assunção). Foto: Acervo Globo
Victor Tavares, o Marcelinho de “Por Amor'”. Foto: Acervo pessoal

“Enquanto eu morava no Rio, cheguei a fazer outros trabalhos para a TV Globo e também como modelo infantil. Participei da minissérie ‘A Muralha‘. Mas, quando tinha cinco anos, minha família se mudou para Santa Catarina. Aí perdi todo o contato com a emissora e também com a agência de modelos no qual era agenciado. Aqui em Florianópolis cheguei a fazer curso de teatro durante uns seis anos”, lembrou.

O futuro engenheiro contou que a falta de oportunidades onde mora acabou tornando a profissão de ator inviável.

“O mercado aqui não é forte e acabei desistindo depois de não conseguir nada”.

Marcelinho (Victor Tavares) na cena final de “Por Amor”. Foto: Reprodução
Publicidade
Victor Tavares, o Marcelinho de “Por Amor'”. Foto: Acervo pessoal

Entretanto, Victor afirmou que ainda alimenta o sonho de voltar às novelas: “Tenho muita vontade. Tomara que uma porta se abra”.

Fonte: Gshow

Veja o Resumo dos Capítulos

Publicidade
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Famosos

Maria Zilda Bethlem fala sobre fama: ‘Comi todo mundo’

Publicado

em

Por

Uma das mulheres mais desejadas de sua geração, Maria Zilda Bethlem falou sobre a fama, relacionamentos e sua carreira ao blog do jornalista Paulo Sampaio. Entre tantos assuntos, a atriz, ícone dos anos 80, comentou com bom humor que nunca viu problema em ser atraente, o que lhe rendeu o rótulo de símbolo sexual:

“Imagine, eu aproveitava! Exercitei muito minha sedução. Comi todo mundo no Rio, em São Paulo, Nova York e Paris.”

Às gargalhadas, relembrou:

“Passava a régua! Eu olhava e dizia: Você!”

Publicidade

Apesar de todas as aventuras, Maria Zilda contou que a vida lhe deu relacionamentos marcantes e dois filhos muito amados – Rodrigo e Rafael. O primeiro com um engenheiro, o segundo com o diretor Roberto Talma. O último casamento foi com a arquiteta Ana Kalil, 20 anos mais nova, com quem ficou oito anos.

“As mulheres se compreendem melhor. O relacionamento de mulher com mulher, depois de uma certa idade, é muito menos sexual do que do homem com a mulher.”

Maria Zilda ao lado de Ana Kalil. Foto: Reprodução

Solteira, a atriz afirmou que não sentiu interesse por mais ninguém desde o fim da relação com Ana:

“Quando eu olho para uma pessoa, é como se estivesse olhando para um vaso, um abajur, uma poltrona.”

Perto de comemorar seus 66 anos, Maria Zilda disse que, até hoje, só fez cirurgia estética nas pálpebras.

“Penso que o rosto tem de guardar um pouco da nossa história. Tristezas, alegrias, gargalhadas.”

E garantiu que jamais sofreu crise de idade. Entretanto, se queixou da falta de papéis para atores mais velhos:

“Não tem mais avó em novela. Atrizes de 20, 30 anos já se enchem de botox, ficam deformadas, você não as reconhece. E eu não vejo compromisso dessa geração com o ofício de atuar.

Completou:

Muitos não estão minimamente preocupados com o personagem, querem apenas aparecer na TV. Você dá R$ 5 mil, uma cocada e uma mariola, e eles topam fazer.”

Publicidade

Por essas e outras, Maria Zilda Bethlem resolveu não participar mais de novelas.

“Quando fiz ‘Êta Mundo Bom!’, em 2016, decidi que foi a última. Pensei: ‘Não é possível que eu tenha vindo ao mundo nessa encarnação só para fazer novela’.”

Maria Zilda na capa da trilha nacional de “Hipertensão”, de 1986. Foto: Som Livre

Atualmente, Bethlem pode ser vista na série “Pico da Neblina“, da HBO, onde vive a mãe de um traficante. Já na TV aberta, nas tardes Globo, a veterana aparece na reprise de “Por Amor“, sua última novela das oito.

Continuar Lendo
Publicidade

Trending