Entre em contato

Famosos

Maria Zilda Bethlem fala sobre fama: ‘Comi todo mundo’

Publicado

em

Uma das mulheres mais desejadas de sua geração, Maria Zilda Bethlem falou sobre a fama, relacionamentos e sua carreira ao blog do jornalista Paulo Sampaio. Entre tantos assuntos, a atriz, ícone dos anos 80, comentou com bom humor que nunca viu problema em ser atraente, o que lhe rendeu o rótulo de símbolo sexual:

“Imagine, eu aproveitava! Exercitei muito minha sedução. Comi todo mundo no Rio, em São Paulo, Nova York e Paris.”

Às gargalhadas, relembrou:

“Passava a régua! Eu olhava e dizia: Você!”

Publicidade

Apesar de todas as aventuras, Maria Zilda contou que a vida lhe deu relacionamentos marcantes e dois filhos muito amados – Rodrigo e Rafael. O primeiro com um engenheiro, o segundo com o diretor Roberto Talma. O último casamento foi com a arquiteta Ana Kalil, 20 anos mais nova, com quem ficou oito anos.

“As mulheres se compreendem melhor. O relacionamento de mulher com mulher, depois de uma certa idade, é muito menos sexual do que do homem com a mulher.”

Maria Zilda ao lado de Ana Kalil. Foto: Reprodução

Solteira, a atriz afirmou que não sentiu interesse por mais ninguém desde o fim da relação com Ana:

“Quando eu olho para uma pessoa, é como se estivesse olhando para um vaso, um abajur, uma poltrona.”

Perto de comemorar seus 66 anos, Maria Zilda disse que, até hoje, só fez cirurgia estética nas pálpebras.

“Penso que o rosto tem de guardar um pouco da nossa história. Tristezas, alegrias, gargalhadas.”

E garantiu que jamais sofreu crise de idade. Entretanto, se queixou da falta de papéis para atores mais velhos:

“Não tem mais avó em novela. Atrizes de 20, 30 anos já se enchem de botox, ficam deformadas, você não as reconhece. E eu não vejo compromisso dessa geração com o ofício de atuar.

Completou:

Muitos não estão minimamente preocupados com o personagem, querem apenas aparecer na TV. Você dá R$ 5 mil, uma cocada e uma mariola, e eles topam fazer.”

Publicidade

Por essas e outras, Maria Zilda Bethlem resolveu não participar mais de novelas.

“Quando fiz ‘Êta Mundo Bom!’, em 2016, decidi que foi a última. Pensei: ‘Não é possível que eu tenha vindo ao mundo nessa encarnação só para fazer novela’.”

Maria Zilda na capa da trilha nacional de “Hipertensão”, de 1986. Foto: Som Livre

Atualmente, Bethlem pode ser vista na série “Pico da Neblina“, da HBO, onde vive a mãe de um traficante. Já na TV aberta, nas tardes Globo, a veterana aparece na reprise de “Por Amor“, sua última novela das oito.

Veja o Resumo dos Capítulos

Publicidade
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Famosos

Laura Cardoso celebra 92 anos

Publicado

em

Considerada uma das melhores atrizes do Brasil, a diva Laura Cardoso chega, nesta sexta-feira (13), aos 92 anos de idade com uma disposição invejável.

A veterana não quer parar de trabalhar e continua nos presenteando com seu talento. Em breve, entrará em A Dona do Pedaçocomo Matilde, personagem misteriosa ligada ao passado de Maria da Paz (Juliana Paes).

Publicidade

Laura Cardoso iniciou na TV Tupi e seguiu carreira exitosa na TV, cinema e teatro, sendo premiada diversas vezes. Seu primeiro Troféu Imprensa veio em 1963, por Marta, de “A Noite Eterna”.

Com passagem pela Record e Band, seus principais trabalhos, no entanto, se deram na Globo, onde já participou de 33 novelas. Em 2006, ganhou a ordem do mérito cultural do então ministro da Cultura, Gilberto Gil.

Laura Cardoso ao lado de Gloria Pires em ‘Mulheres de Areia’. Foto: Acervo/Globo

Alguns de seus trabalhos mais marcantes na Globo foram como Guiomar, senhora que é influenciada por um espírito maligno, em “A Viagem” (1994), e Isaura, mãe das gêmeas rivais Ruth e Raquel (Glória Pires), em “Mulheres de Areia” (1993). Recentemente, esbanjou vitalidade ao encarnar a bandida Sinhá, uma mafiosa escondida sob o disfarce de vovó doce, em “Sol Nascente” (2016), de Walther Negrão, com quem a atriz já trabalhou 9 vezes.

Com Walcyr Carrasco, autor de “A Dona do Pedaço”, Laura repetirá a parceria pela quarta vez. Antes da atual da trama das 21h, a veterana já esteve em “Chocolate com Pimenta” (2003), “Gabriela” (2012) e “O Outro Lado do Paraíso” (2017), todas do novelista.

Continuar Lendo
Publicidade

Trending