1 mês atrás

Flávio Migliaccio deixou carta: “A humanidade não deu certo”

Por Redação

O ator Flávio Migliaccio, encontrado morto em seu sítio nesta segunda-feira (4), deixou uma carta de despedida para os familiares. O boletim de ocorrência registrou a morte como suicídio.

No documento, o artista diz em tom melancólico que “a humanidade não deu certo”. Não está clara a motivação do suicídio e nem se o ator vinha lutando contra a depressão.

Leia a carta na íntegra:

“Me desculpem mas não deu mais. A velhice neste país é o caos, assim como tudo aqui. A humanidade não deu certo. Eu tive a impressão que foram 85 anos jogados fora… Num país como este e com este tipo de gente que acabei encontrando. Cuidem das crianças de hoje.”

Carta deixada por Flávio Migliaccio. Foto: Divulgação

Morte

O ator Flávio Migliaccio, de 85 anos, foi encontrado morto em seu sítio que fica na cidade de Rio Bonito, no estado do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira (4).

O último trabalho de Migliaccio na TV foi em 2019, em “Órfãos da Terra“, como o personagem Mamede Aud. Flávio era muito conhecido pelo seu papel de Xerife na série de TV brasileira “Shazan, Xerife e Cia“.

Na TV Globo, onde trabalhou por muitos anos, ele ainda teve grande destaque nas novelas “Rainha da Sucata”, “A Próxima Vítima”, “Senhora do Destino” e “Passione”.

Fonte: Pleno News