| 3 semanas atrás

‘Verdades Secretas’ será produzida para GloboPlay; ‘O Selvagem da Ópera’ muda de horário

Já era dada como certa a produção da supersérie “O Selvagem da Ópera”, de Maria Adelaide Amaral, para estrear em março de 2020. E no ano seguinte, haveria a exibição da segunda temporada de “Verdades Secretas”, de Walcyr Carrasco.

No entanto, a Globo surpreendeu ao anunciar a interrupção da trama de Adelaide, que iniciaria suas gravações no dia 2 de dezembro. No elenco, Renan Monteiro, Isabelle Drummond, Bianca Bin, Tony Ramos e Mateus Solano.

Especulou-se que a emissora daria prioridade ao seu furador de filas oficial, Walcyr Carrasco, mas a informação divulgada pelo jornalista Daniel Castro foi surpreendente: a partir do ano que vem, a faixa das 23h estará extinta, já que as produções das séries serão exclusivas para o Globo Play, serviço de streaming.

Já “O Selvagem da Ópera”, devido ao enorme potencial em torno da obra, será espichada e Maria Adelaide Amaral terá que escrever mais 50 capítulos para a trama, que será promovida a novela das 18h, ainda sem previsão de estreia.

A continuação de “Verdades Secretas” será a primeira ‘supersérie’ a ser feita apenas para assinantes da plataforma online da Globo. Isso, contudo, não quer dizer que a trama não possa ser exibida, em algum momento, na TV aberta.

Histórico

O horário das 23h foi retomado em 2011 como uma faixa experimental para remakes. O primeiro foi “O Astro” (2011), novela bem-sucedida. Seguiram quatro remakes, um por ano, até que em 2015 resolvessem apostar em uma trama inédita: “Verdades Secretas, de Walcyr Carrasco, foi um grande fenômeno.

Em 2017, “Os Dias Eram Assim”, embora tivesse formato de novela, foi exibida como a peculiar alcunha de supersérie, como forma de tentar refinar o produto para o mercado internacional. Em 2018, “Onde Nascem os Fortes” também foi ao ar com a mesma denominação, e em 2019 não foi anunciada nenhuma obra na faixa.